Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

100 Guilty Pleasures

Todos temos um. Para cada dia da semana.

100 Guilty Pleasures

Todos temos um. Para cada dia da semana.

5 livros para ler na praia

por Zé, em 27.07.13

Enquanto o Je se prepara para uma noite à volta de tachos e panelas (sim, porque os outros convidam mas aqui o escravo é que cozinha para os lambões de serviço), deixo aqui uma simples mas apelativa lista de 5 livros para ler na praia. São apenas 5 porque, na realidade, não se consegue ler grande coisa durante aquela manhã ou tarde que se passa a torrar ao sol. 

 

1. Inferno, de Dan Brown

Vou ser sincero: o novo livro do norte-americano não é grande coisa. Ao fim de 30 páginas começamos a recordar outros livros escritos por Brown em que aquela sequência de acontecimentos já ocorreu, embora contada de maneira diferente. Além disso, pareceu-me que este Inferno é tudo menos uma homenagem à "Divina Comédia" de Dante, mas antes um valente guia turístico de Itália à la Lonely Planet. No entanto cumpre perfeitamente a sua função: entreter durante largos minutos, graças às capacidades incríveis do historiador de Arte Robert Langdon em decifrar enigmas complicadíssimos. Bom para acompanhar uma bola de berlim.

 

2. A Vida no Céu, de José Eduardo Agualusa

O novo livro do escritor angolano é uma agradável surpresa. A metáfora da "vida no céu" após a vida na Terra ter sido parcialmente destruída pelas consequências das alterações climáticas encaixa que nem uma luva na escrita desempoeirada e escorreita de Agualusa. É uma excelente leitura também para crianças. Ideal para mantê-los quietos durante alguns minutos.

 

3. Como é linda a Puta da Vida, de Miguel Esteves Cardoso.

Há muito que Portugal ansiava pelo regresso do grande Miguel. E ele finalmente saiu da penúmbra para retomar as suas crónicas ácidas, recheadas de um humor muito british mas ao mesmo tempo tão típico do português refilão. Este "Como é linda a Puta da Vida" apresenta um MEC no seu lado mais introspectivo: um homem apreciador das boas coisas desta vida, as coisas banais como um bom peixe ou a sua amada Maria João. Mesmo, mesmo bom para ler numa praia sem ninguém por perto.

 

4. Startup: Comece a sua empresa com 100 euros, de Chris Guillebeau

Portugal tem uma taxa de desemprego que ultrapassa os 18%. Entre os jovens, 43% não consegue arranjar trabalho. Se não há emprego para todos, e que tal criarem o vosso emprego? A ideia do norte-americano Chris Guillebeau parece estapafúrdia, mas nos dias que correm a criação do auto-emprego - e consequente abertura de novos postos de trabalho - pode ser uma boa solução para resolver este flagelo social. Guillebeau apresenta histórias de startups criadas com pouco dinheiro, mas que vingaram e tornaram-se casos de sucesso. A ler na praia por quem tem olho para o negócio - mesmo o das bolas de berlim

 

5. Vamos lá Então Perceber as Mulheres. Mas só um Bocadinho…, de Marta Gautier

Dedicado a todos os homens que, na praia, têm de ouvir as mulheres a criticarem a celulite em excesso das outras. A psicóloga Marta Gautier - especialista em psicologia feminina - decidiu transformar a sua peça de stand-up comedy num brilhante livro. Para aqueles que gostam de dar umas boas gargalhadas.

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D

Favoritos